domingo, 15 de janeiro de 2012

Tantos julgamentos, tantas guerras

Aprenda a criar asas
Seja livre pra voar
Não se importe com o que dizem
Todos só sabem rotular


Cai nas teias do sonho
Prepare-se pra sonhar
Fuja dessa realidade podre
Esqueça,esqueça todos os horrores


Temos mesmo que acordar?
Tantos julgamentos, tantas amarras
Já não posso suportar
Os pulsos...ah,tenho que me controlar


Vinícius José

Nenhum comentário:

Postar um comentário